A água é vital para a nossa saúde. A ingestão adequada é essencial para o nosso corpo. A ingestão insuficiente afectará o desempenho físico e psicológico pois todos os sistemas do corpo humano, células, tecidos, e órgãos vitais, dependem de uma excelente hidratação para um bom funcionamento.

Quantas são as características de uma água ideal?

As 5 características são:

  • Pureza (sem contaminantes físicos, químicos e bacteriológicos)
  • PH alcalino
  • ORP negativo (antioxidante)
  • Condutibilidade alta
  • Tensão superficial baixa – Micro clusters (super hidratante)
A água da torneira e engarrafada têm estas características?

Infelizmente nem uma nem outra oferecem a melhor solução. A água da torneira tem várias desvantagens: é oxidante, é de difícil absorção pois tem uma tensão superficial alta, não é pura pois tem contaminantes físicos diversos (sedimentos como areias, barro e ferrugem), metais pesados como o alumínio e o chumbo, contaminantes químicos como o fluor e o cloro, este último é altamente prejudicial à saúde e devia ser sempre eliminado no ponto de uso, o que raramente acontece, e os contaminantes bacteriológicos só não são habituais pela enorme presença dos contaminantes químicos. Alguns destes problemas são ainda agravados pela existência, na rede de abastecimento publico, de tubagens muito antigas, algumas com dezenas de anos.  A água engarrafada também tem desvantagens: chega a estar meses ou anos em garrafas e garrafões de
plástico o qual é um derivado do petróleo, por vezes sujeita a más condições de recolha, transporte e armazenamento, e sob certas condições o plástico pode libertar Xenoestrógeno (como o Bisfenol A), Antimónio e outros  contaminantes nocivos à saúde e potenciais provocadores de celulite, obesidade e cancro, entre outras doenças.

Como se consegue água terapêutica?

Através do processo de electrólise que faz passar a água por placas  eléctricas de carga positiva e negativa. O processo chama-se Ionização, que consiste na separação ou decomposição duma molécula em iões com carga positiva e iões com carga negativa.

O que são Iões?

São partículas constituídas por um ou mais átomos carregados de cargas positivas (iões positivos) e cargas negativas (iões negativos). Os iões  positivos são prejudiciais à nossa saúde tendo um efeito nocivo no nosso organismo semelhante aos radicais livres. Pelo contrário os iões negativos são benéficos porque anulam os iões positivos.

Como podemos alcalinizar a água e quais os benefícios?

Duas formas:
Uma é através da adição de sais minerais como cloretos ou bicarbonatos de sódio, potássio, cálcio, etc.

A outra é através do processo de ionização.

Sendo a água o nosso maior constituinte orgânico, a água alcalina ionizada tem a capacidade de tornar o nosso corpo mais alcalino prevenindo assim a  acidificação contínua a que estamos sujeitos durante a nossa vida, como consequência da alimentação e estilo de vida moderno. Ela desintoxica, elimina toxinas, previne o envelhecimento precoce e ainda o aparecimento de inúmeras doenças habituais em organismos ácidos.

Adição de sais minerais ou ionização, qual é a melhor?

Sem dúvida que a melhor é através da ionização. Da outra forma vamos sobrecarregar o nosso corpo com a presença de certos minerais verificando-se em simultâneo a carência de outros o que provoca um desequilíbrio mineral no organismo que pode inclusivamente levar ao aparecimento de pedras nos rins. Em contrapartida, a ionização permite alcalinizar sem a sobrecarga de sais minerais ao mesmo tempo que torna a água antioxidante, outra propriedade muito importante.

Qual a diferença entre PH (Potencial de Hidrogénio) e ORP (Potencial de Oxidação Redução) e como se formam?

O PH e o O.R.P. formam-se simultaneamente ao ionizar a água pelo processo da electrólise.

O PH mede o potencial de concentração dos iões de hidrogénio positivos (H​+ chamado ião hidrogeno) e negativos (OH- ​chamado ião hidróxido ou hidroxilo), e serve para determinar o grau de acidez ou alcalinidade de uma substancia. A escala do PH varia de 0 a 14. Um PH de 7 é neutro. Inferior a 7 é ácido e superior a 7 é alcalino. De notar que o PH é uma escala  logarítmica de base 10, o que significa que cada unidade representa 10 vezes maior ou menor concentração hidrogeniónica. Cada valor abaixo de 7 é dez vezes mais ácido que o valor anterior e cada valor acima de 7 é 10 vezes mais alcalino que o anterior (ex. PH de 5 é 10 vezes mais ácido que PH de 6 e 100 vezes mais ácido que PH de 7; já um PH de 9 é 10 vezes mais alcalino que PH de 8 e 100 vezes mais alcalino que PH de 7).
O O.R.P. determina a positividade (oxidante) ou negatividade (antioxidante) da água e mede-se em milivolts. Quanto mais negativo o O.R.P. melhor! O ideal é consumir água com O.R.P. negativo inferior a -200mv pois quanto mais negativo for o valor, mais antioxidante é a água e melhor combate a acção dos radicais livres.

Qual a importância dos antioxidantes para a nossa saúde?

Os antioxidantes têm um papel fundamental pois vão anular os radicais livres, e por consequência os efeitos nocivos destes no nosso organismo, fornecendo-lhes as cargas negativas (electrões negativos) que os radicais livres costumam “roubar” às nossas células oxidando-as e provocando o envelhecimento precoce e o desenvolvimento de praticamente todas as  doenças, inclusive o tão temido cancro (Dr. Hidemitsu Hayashi, Director do Instituto da Água do Japão e autor do livro “Why we get sick and healed by Water” “Porque ficamos doentes e saudáveis com a água”).

Qual o melhor, mais barato e mais potente antioxidante na natureza?

A água ionizada alcalina antioxidante! Por 3 razões:

  1. É líquida, ao contrário dos antioxidantes nos alimentos e da maioria dos que se compram na farmácia, logo, é total e rapidamente absorvível não deixando resíduos nem desperdícios.
  2. A água representa o nosso maior constituinte orgânico (cerca de 2/3 do nosso corpo é água), daí a importância duma boa hidratação com a melhor água possível.
  3. Quanto menor a massa molecular duma substância ou alimento mais facilmente o organismo a absorve. Sendo a água a substância com menor massa (peso) molecular na Terra, é aquela que mais rápida e facilmente chega às nossas células. A massa molecular da água é 18 (H=1 e O=16 logo H2O= 1+1+16=18). Outros antioxidantes muito usados como Vitamina C, Vitamina E,  Betacaroteno, Selénio, Frutos Vermelhos, Verduras, Hortaliças, etc., têm um peso molecular 7 a 9 vezes superior à água.
Na água ionizada, os valores de PH e O.R.P. mantêm-se inalterados ou mudam com o passar do tempo?

O PH mantém-se inalterado. O O.R.P. negativo (antioxidante) começa a reduzir a partir das 12 a 18 horas, pois o ião OH- (Hidroxilo) é instável e começa a aglutinar-se com a molécula da água (H2O) formando H3O2
(Hidroxilião). Esta água continua a ser alcalina mas perde a sua capacidade antioxidante pouco a pouco, logo, deixa de conseguir doar os seus electrões negativos para anular os radicais livres.

O que é e quais os benefícios da alta condutibilidade?

Para uma água ter uma alta condutibilidade ela tem de ter a presença de minerais, principalmente potássio, magnésio, cálcio e sódio. Desta forma ajuda a prevenir a osteoporose e outras doenças e facilita a condução
eléctrica do sistema nervoso central, periférico e autónomo, o que permite que se realizem com mais eficácia todas as actividades corporais, intelectuais e motoras, que dependem dessa boa condução eléctrica.

Das 5 características da água, quais são as mais importantes?

Todas são importantes para termos uma água ideal, no entanto, sem uma tensão superficial baixa (micro clusters) a água não irá conseguir hidratar  convenientemente e não penetrará de forma eficaz nas células, nem para levar os nutrientes e oxigénio, nem para eliminar os produtos do metabolismo celular, toxinas e metabolitos, não irá assim cumprir a sua verdadeira função, mesmo que tenha as outras características.
O O.R.P. negativo também é muito importante pois uma água antioxidante é sempre alcalina, enquanto uma água alcalina pode não ser antioxidante.

Porque é que uma água alcalina não é sempre antioxidante?

Quando uma água é alcalina através da presença excessiva de  determinados sais, como referido anteriormente, essa água não só não será antioxidante, como pode mesmo ser oxidante. Por isso, afirmar que basta uma água ser alcalina para ser benéfica, é uma ilusão e um falso conceito que o marketing aproveita para facturar à custa da falta de informação que existe numa grande parte dos consumidores e até em profissionais da saúde. Só através do processo de ionização a água adquire  simultaneamente as propriedades, alcalina e antioxidante.

Poderei estar desidratado sem saber?

Pode acontecer. A desidratação ocorre quando a quantidade água que se perde durante o dia não é reposta na totalidade. Alguns sintomas: boca e olhos secos, dores de cabeça, fadiga muscular, tonturas, falta de concentração e diminuição na frequência urinária (menor quantidade de urina e de cor amarela escura).
Idosos e crianças são especialmente vulneráveis ao problema da  desidratação. Deve ainda existir um aumento do consumo de água em caso de gravidez, prática de actividade física intensa, temperatura alta, altitude
elevada e doenças acompanhadas de febre, vómitos ou diarreia. Normalmente o corpo já está desidratado ainda antes de começar a sentir sede. Muito importante: há que hidratar sem esperar pela sede.

Existe na natureza, água com as cinco características ideais?

É muito difícil e extremamente raro. Existem apenas alguns locais do globo com nascentes de água alcalina e antioxidante. Por exemplo:
Okinawa no sul do Japão (onde foi fundada a Enagic em 1974). Abecásia no Cáucaso; Vilcabamba nos Andes, Equador; Vale Hunza nos Himalaias, Paquistão; Águas de S. Pedro em São Paulo, Brasil; Sardenha na Itália
(nesta região o número de centenários homens e mulheres é proporcional, no resto do mundo existem normalmente mais mulheres centenárias do que homens). E mais alguns poucos lugares no mundo.
No entanto nestas nascentes, como a capacidade antioxidante vai diminuindo, e em poucos dias o O.R.P. fica positivo (fenómeno explicado na resposta à pergunta 11), é necessário o abastecimento frequente e com
vasilhas adequadas.

É possível termos acesso a uma água com as 5 características da água ideal?

Sim, através de um processo de ionização a mais evoluída tecnologia em sistemas de tratamento de água é possível ter acesso a uma água com todas estas características, para tal basta instalar este pequeno electrodoméstico na nossa cozinha.

Qual a altura ideal para se consumir a água ionizada?

Tendo o equipamento, o ideal será produzir e consumir no próprio dia, pois assim a água mantém todas as propriedades. No entanto, se for mantida bem fechada, em recipientes de vidro escuro ou outro material adequado e ao abrigo da luz, a propriedade antioxidante pode manter-se por uma semana ou mais. Porém, mesmo que só seja consumida 2 ou 3 semanas depois de produzida, a água continua a manter todas as outras 4 boas características apenas perdendo a sua propriedade antioxidante. Mesmo assim continua a ser muito melhor do que consumir água da torneira ou engarrafada.